Atendimento ao cliente é tema de palestra no Sicomércio de Barra Mansa

O Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista) de Barra Mansa, em parceria com a Fecomércio-RJ (Federação do Comércio do Rio de Janeiro), realizou na noite da última terça-feira, dia 02, uma palestra sobre Atendimento ao Cliente. Cerca de 60 pessoas, entre comerciantes e comerciários, participaram do evento, que aconteceu no auditório do sindicato.

A palestra foi ministrada por Willian Caldas, que contagiou o público com seu carisma. Formado em Comunicação Social, Bacharel em Relações Públicas, o palestrante possui extensão em Gestão do Conhecimento pela Fundação Getúlio Vargas e extensão em Disneylogia e Psicologia Positiva pelo Seeds Of Dreams Institute e Disney Institute – Orlando/EUA (2013). Foi vendedor por mais de dez anos no mercado brasileiro, atuando como consultor especialista para a multinacional americana Equifax.

Durante a palestra, Willian apresentou o processo de relacionamento com o consumidor de uma forma completa: como atender o cliente, SAC e os canais de comunicação que uma empresa pode disponibilizar, e a importância do acompanhamento pós-venda. “O atendimento precede a venda, portanto, quem quer vender bem, tem que realizar um bom atendimento. Temos alguns pontos que compõe um bom atendimento, entre eles o clima da empresa, que deve ter um líder saudável, que seja mais educador do que cobrador; e a excelência, que deve acompanhar as mudanças de hábito do cliente, que hoje quer tudo para ontem”, ressaltou.  

Sobre o atendimento pós-venda, ele destacou que no passado ele se resumia apenas no cliente dizer que gostou. “Hoje, a maior prova de que gostou é ele retornar e comprar de novo”, disse Willian. O palestrante também comentou sobre a importância de investir nos canais de relacionamento com o cliente, entre eles as redes sociais. “Temos meios de comunicação gratuitos, como facebook, twitter, youtube e whatswapp, que podem ser usados para estreitar o relacionamento com o cliente”, frisou.

Willian falou ainda dos principais erros cometidos pelos comerciantes e comerciários. “Um dos erros comuns é não investir no ambiente. Uma boa iluminação, decoração e música ambiente ajudam muito no atendimento. Mas o indispensável mesmo é investir em treinamento para obter um bom resultado”, comentou. O palestrante destacou ainda que experiência é a palavra que resume atendimento nesse milênio. “Quando um cliente entra na loja ele busca mais experiência do que um produto. Por isso, o vendedor tem que passar essa experiência e confiança para o cliente”, disse.

Questionado sobre qual o perfil de um bom vendedor, ele disse que na época de sua avó era quem fosse esperto e na da sua mãe quem falava muito. “Hoje um bom vendedor é quem sabe ouvir muito. Tem que ouvir o que o cliente quer e, a partir daí, prestará um excelente atendimento”, finalizou.  

Deixe um comentário