Nova sede da secretaria de Ação Social será referência no estado

Programas sociais vão contar com piscina para hidroginástica e natação

Em breve será inaugurada a nova sede da secretaria de Ação Social e Habitação. A estrutura vai abrigar as instalações e atividades de três programas sociais do município: Nova Geração da Melhor Idade, Sai da Rua Menino e Vem Para o Circo e Banda Municipal. Além disso, o novo prédio terá refeitório, quadra, vestiários masculino e feminino, piscina para hidroginástica e aulas de natação para os usuários dos programas sociais, gabinetes do secretário e subsecretário, os setores de diretorias, administração, informática, coordenação de programas e informática.

A secretária de Ação Social e Habitação, Laura Rezende, comemorou o fato de a crise econômica não ter afetado o desenvolvimento do trabalho da secretaria. Segundo ela, o município ainda terá uma economia significativa, com a redução de imóveis locados. “A nova sede representa uma economia para Porto Real de mais de 3 mil reais por mês com aluguéis, fora outras despesas. Vale lembrar que nenhuma interrupção foi realizada no andamento das atividades dos programas sociais. Atualmente temos um total de 443 usuários, sendo: 175 idosos do Nova Geração, 120 do Sai da Rua Menino e Vem Para o Circo, 40 usuários do Vem Dançar Comigo, 48 crianças do Curumim e 60 integrantes da Banda Municipal”.

Laura contou que os usuários recebem lanche ou refeição, uniforme e material para o desenvolvimento das oficinas. “Procuramos enfatizar bastante a socialização, também através das festas realizadas em datas comemorativas. Seja através dos bailes para a terceira idade, ou mesmo  outras confraternizações, promovemos o fortalecimento dos laços sociais. Para isso, damos o suporte necessário, através do oferecimento de todo o material para o desenvolvimento das atividades realizadas pelos programas sociais”.

A secretária destacou a constante promoção do bem estar social realizada pelo CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). “Doamos mensalmente 400 cestas básicas para famílias carentes. Houve uma redução de 200 famílias que saíram de situação de extrema pobreza, graças ao trabalho feito por meio das políticas sociais. Uma média de 400 famílias, por mês, fora os atendimentos emergenciais, recebe assistência do CRAS. Temos dois polos: Novo Horizonte e Fátima, com uma cobertura de 100% dos bairros. São realizadas visitas residenciais e encaminhamentos para os setores necessários com objetivo de sanar os problemas enfrentados pelas famílias”.

Outras atividades realizadas são as constantes atualizações dos cadastros e acompanhamento do programa Bolsa Família, bem como os trabalhos do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Com relação ao Bolsa Família, os critérios mínimos estabelecidos envolvem a vida escolar, saúde  e educação em geral dos beneficiados. A equipe mantém interação com outras secretarias para verificar se os usuários do Bolsa Família obedecem esses critérios.

A população de Porto Real conta ainda com o chamado Benefício Eventual Funeral, que dá cobertura a todos os gastos necessários para o sepultamento de qualquer morador do município. Estão incluídos transporte de familiares, despesas funerárias e ornamentação.

“Nosso objetivo é consolidar a assistência social como uma política pública onde conseguimos superar paradigmas que garantem um espaço adequado de promoção da cidadania. A nova sede é um espaço adequado, onde ocorrem a integração e a garantia de direitos sociais como: o lazer, o convívio social e comunitário. Deste modo, conseguimos contribuir de forma eficiente na formação de crianças e adolescentes e ainda proporcionar ao idoso a inserção social”, considerou a secretária de Ação Social e Habitação, Laura Rezende.

A prefeita Cida relatou que a nova sede da secretaria de Ação Social será uma referência para outros municípios da região. “Nosso pensamento é mostrar o quão eficaz é o método de trabalho integrado. Precisamos mostrar que é possível garantir direitos básicos com qualidade de vida, através de profissionais competentes e capacitados. Com certeza seremos referência dentro do estado do Rio de Janeiro, através deste modelo de gestão, onde o que se prioriza é a socialização e a garantia de acesso aos direitos que cabem a qualquer cidadão”.

Deixe um comentário