Reforma de casa de estalagem histórica dá reconhecimento público

Moção de Louvor vai para Instituto Campo Belo

A vereadora Andréa de Carvalho  propôs na Câmara Municipal de Itatiaia uma  Moção de Louvor para atividades culturais de resgate da história de Itatiaia. A vereadora Andréa reconhece que é importante para a preservação cultural da cidade a manutenção do centenário  Casarão da Estalagem,  uma das mais antigas edificações de Itatiaia, localizada na Rua Raul Cotrim, uma das mais antigas ruas. O reconhecimento cultural será entregue no dia 10 de setembro, às 18 horas, na Câmara Municipal.

O Casarão da Estalagem é a sede do Instituto Campo Bello, que nasceu em 2011, embora a idéia que o elaborou seja da época da emancipação do município em 1988. Num folheto explicativo sobre o ICB, a direção do Instituto argumenta que “de fato, a autonomia político-administrativa chegou antes da maturidade social e cultural, trazendo grandes preocupações em torno do bem-comum e de um progresso sustentável para a região. Em vista disso, abriu-se a possibilidade de colaborar com o município para suprir esta deficiência que, ademais, nem chega a ser detectada convenientemente pelos poderes constituídos”.

A vereadora Andréa disse em sua justificativa, que o Casarão da Estalagem surgiu como suporte para o desenvolvimento local. “ A nossa homenagem vai para os continuadores dessa história, que liga o passado ao presente de Itatiaia. Infelizmente vemos outros prédios históricos sem manutenção, como a Igreja de São José, por isso devemos homenagear aqueles que com recursos próprios pensam na cultura e na história da cidade”. A homenagem será entregue aos representantes do ICB, Marcos Cotrim Barcelos e Karla de Carvalho Barcelos. A Estalagem está sendo cuidada com recursos particulares e de familiares e do Instituto Campo Bello. O local foi recuperado para abrigar projetos educativos e culturais.

Karla de Carvalho Rocha Barcellos nasceu em Resende, é professora de língua inglesa, língua francesa, português e literatura, com pesquisa e publicação sobre Fernando Pessoa. Pertence a uma família radicada em Resende/Engenheiro Passos desde os primórdios do século XIX, e tem-se dedicado ao jornalismo e à autoria biográfica de mulheres fluminenses.

Marcos Cotrim de Barcellos nasceu em Cruz Alta, RS, de família resendense há muito radicada nesta parte do município, e viveu em Itatiaia desde a primeira infância. É professor formado em filosofia e com doutorado em história, autor de livros de filosofia da educação e de história regional, jornalista e pesquisador da sociedade e cultura locais.

Informe-se sobre a programação na agenda mensal ICB no site: www.institutocampobello.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *