Serfiotis participa de reunião com direção do estaleiro BrasFELS

Durante visita a Angra dos Reis, no último dia 24, o deputado federal Alexandre Serfiotis (PMDB-RJ) participou de um encontro na prefeitura local, com o prefeito Fernando Jordão e o presidente do estaleiro BrasFELS, Marlin Khiew. O deputado não escondeu sua preocupação com a situação pela qual passa a empresa, que não tem nenhum navio encomendado para construção. “O país passa por uma grave crise econômica e isso tem refletido diretamente no setor industrial, que, com a diminuição da produção e da comercialização de seus produtos e serviços, fica obrigado a reduzir postos de trabalho. A direção do estaleiro BrasFELS,  que é uma das principais empresas geradoras de emprego em Angra dos Reis, informou-nos que, caso a situação continue como está, não estão descartadas novas demissões. O que é muito preocupante”, disse o deputado.

Alexandre destacou o empenho do prefeito Fernando Jordão em contribuir para que o estaleiro possa retomar sua produção naval. “Durante o encontro, o prefeito propôs ações que considero muito importantes, uma delas é tentar sensibilizar o Governo do Estado do Rio de Janeiro para que reveja a decisão que revogou a isenção fiscal, no caso ICMS, para os estaleiros instalados em território fluminense.  Essa medida vai permitir que o estaleiro reduza o custo da produção, aumentando assim a competitividade com estaleiros de outros países”, informou Serfiotis, colocando-se à disposição do governo municipal e da direção do estaleiro para ajudar, por meio de seu mandato na Câmara Federal. “A retomada da produção do estaleiro BrasFELS representa mais empregos para os cidadãos e mais renda para a cidade e o estado. Por isso, é importante a união de forças não só nessa caso, mas também para com todos os outros estaleiros instalados no Rio de Janeiro e no país, que passam pela mesma situação”, declarou Alexandre, que terá  esta semana uma reunião com o governador do estado do Rio de Janeiro para tratar da situação do estaleiro, bem como da demanda solicitada pelo grupo Alfar também de Angra dos Reis.