Alexandre Serfiotis quer melhorar a infraestrutura turística da região Sul Fluminense

O deputado Alexandre Serfiotis entregou ao ministro do Turismo, Marx Beltrão, nesta quinta-feira (11/05), durante audiência, propostas para melhorar a infraestrutura turística de municípios da região Sul Fluminense. As sugestões encaminhadas buscam obter recursos dentro do Programa de Infraestrutura Turística, voltado para o desenvolvimento do turismo nas cidades brasileiras. “O Programa busca isso principalmente por meio de adequação da infraestrutura, permitindo a expansão das atividades no setor e a melhoria da qualidade do produto para o turista, bem como a consecução dos objetivos previstos no Plano Nacional de Turismo”, comenta o parlamentar.

As propostas buscam recursos para a construção, revitalização e reforma de infraestrutura urbana para adequação de espaços de interesse turístico. O programa, uma vez os projetos apresentados sendo bem avaliados pelo Ministério do turismo, pode liberar recursos para o saneamento básico, sistemas de drenagem urbana, paisagismo, sinalização turística de praças, parques urbanos, pavimentação, execução de calçadas, passeios, iluminação pública e ciclovias/ciclofaixas.

– O Programa de Infraestrutura Turística inclui também recursos para a construção e recuperação de infraestrutura de estradas e rodovias de interesse turístico, para construção, revitalização e reforma de terminais rodoviários intermunicipais e interestaduais, de aeroportos, de ferrovias e estações férreas de interesse turístico.  Construção, revitalização e reforma de infraestrutura de orlas e terminais fluviais, também podem ser contempladas com recursos do Programa, que prevê ainda a construção, revitalização e reforma de edificações de uso público ou coletivo destinadas a atividades indutoras de turismo, como centros de cultura, museus, teatros, casas de memória, centros de convenções, feiras, centros de eventos e de apoio ao turista, além de centros de comercialização de produtos associados ao turismo – informa Serfiotis.

O parlamentar explica que o Programa tem um leque amplo de possibilidades, que inclui a construção e reforma de mirantes, bem como construção, revitalização e reforma de centros de qualificação de mão de obra para os setores de gastronomia, hotelaria e turismo. “A construção e reforma de portais e de centros de comercialização de produtos associados ao turismo também são possíveis dentro do Programa. As propostas que encaminhamos são perfeitamente viáveis, dentro do que estipula essa fonte de recursos do Ministério do Turismo”, conclui o deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *