Chegada do Inverno promete movimentar comércio de Barra Mansa

O Inverno começou oficialmente no dia 21 de junho, mas a mudança de temperatura, ocorrida no final da primeira quinzena deste mês, já está movimentando o comércio de Barra Mansa. “Essa é uma ótima oportunidade para os lojistas aquecerem suas vendas. Mudança de estação, principalmente calor para o frio, sempre movimenta o comércio, pois os consumidores gostam de comprar peças novas”, disse o presidente do Sicomércio de Barra Mansa (Sindicato do Comércio Varejista), Alberto dos Santos Pinto, orientando os lojistas a investirem na decoração das lojas e no atendimento ao cliente: “As lojas devem preparar as vitrines para atrair os clientes para as lojas e, depois que eles entrarem, o que conta é oferecer um bom tratamento”.

Lojas de vestuário já exibem em suas vitrines as roupas da nova estação, que promete aquecer as vendas.  “Nos dias mais frios a procura por peças mais quentes, como casacos, ponchos, sobretudo, cachecol e gorro, que são artigos característicos da estação mais charmosa do ano, torna-se maior”, informou Dayvid Paulino Teixeira, responsável pelo setor de compras de uma loja de magazine de Barra Mansa, acrescentando que espera um aumento de 15% nas vendas em relação ao mesmo período do ano anterior.

Sobre as tendências e novidades da nova estação, ele informou que na parte de calçados, os tênis são a peça da vez. “Além de muito conforto, eles estão cada vez mais cheios de estilo e personalidade, trazendo inovação em materiais novos, como os espelhados que vem desde o Verão. Os tênis com solados mais altos, que chamamos no meio fashion de Flatform, são os mais desejados e podem ser usados tanto durante o dia quanto a noite. Não podemos nos esquecer das botas que nunca ficam de fora das tendências da estação”, contou.

Na parte de vestuário, Dayvid disse que o grande it da estação são os quimonos e os ponchos. “Eles são usados como peças de sobreposição, sem falar nas transparências no militarismo e nos vestidos Midi, que são usados tanto com tênis ou com botas”, completou, acrescentando que, desde o ano passado, os tênis, quimonos e ponchos invadiram as ruas e este ano eles continuam com tudo.

Venda de vinhos também cresce no Inverno

A venda de vinhos também cresce no Inverno. Afinal, nada melhor do que um vinho pra aquecer o corpo nos dias mais frios. “Com a proximidade do Inverno as pessoas que ainda não têm por hábito o consumo se tornam mais assíduas, proporcionando um natural aumento em torno de 30 %”, informou Carlos Adriano Silva Costa, diretor comercial de uma delicatessen. De acordo com ele, o vinho, por ser uma bebida (consumo moderado) ligada a saúde e com perfeita harmonização com comida, tem seu consumo consolidado durante o ano todo.

Segundo Carlos Adriano, no Inverno os vinhos tintos são os mais vendidos. “O pico de vendas de vinhos tintos vai de maio até o final do mês de agosto. Em setembro, com o início da Primavera, a procura por espumantes, brancos e roses é que impulsionam a venda”, informou, acrescentando que, além dos vinhos, queijos e fondues também têm um aumento considerado nas vendas neste período: “De um modo geral, as vendas desses produtos aumentam e eles harmonizam perfeitamente. Pelo que vem apresentando nos meses de abril e maio, estamos trabalhando para um aumento de vendas em torno de 15 a 20 % em relação ao mesmo período do ano passado”

Deixe um comentário