Secretaria começa vacinação contra brucelose em bovinos

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda começou nesta quinta, 22, e segue pelos próximos 30 dias, a Campanha de Vacinação Contra Brucelose. Quase 60 pequenos e médios produtores rurais terão 500 animais imunizados contra a doença, que trata-se de uma zoonose, pois pode ser transmitida ao ser humano. A vacinação em Porto Real será exclusiva para fêmeas da espécie bovina. O motivo é que brucelose tem um caráter abortivo.

 “A brucelose é uma doença infecciosa, causada pela bactéria Brucella. Ela além de contagiosa traz sérios prejuízos ao produtor rural. A brucelose provoca o aborto normalmente no terço final da gestação do animal. Por isso vacinamos as fêmeas de 3 a 8 meses de idade. A vacina somente pode ser aplicada pelo médico veterinário e deve ser declarada na Defesa Agropecuária Estadual”, esclareceu o coordenador de Agricultura e Pecuária, Tayson Marques.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Vanessa Miranda, comentou a importância da imunização dos animais. “Buscamos proporcionar uma boa oferta de serviços, com uma estrutura que atenda às necessidades, sobretudo, do pequeno e médio produtor rural. A brucelose é uma doença que pode ser transmitida aos seres humanos. O produtor deve ter essa preocupação em vacinar os animais, evitando assim a contaminação.”

A vacinação acontece de forma gratuita e deve ser agendada na sede da Casa do Produtor Rural, situada à Rua Júlia Graciani Marassi, Centro.

Deixe um comentário