Volta Redonda tem o melhor resultado de empregos do Estado Rio de Janeiro

Os números de empregos formais criados em Volta Redonda, pelo quarto mês consecutivo (março, abril, maio e junho) fecharam com saldo positivo. Os dados são do Cadastro Geral de Empregos e Desemprego (Caged), órgão do Ministério do Trabalho. Somente em junho, foram criadas 1.951 vagas com carteira assinada, enquanto ocorreram 1.507 demissões, fechando o saldo de 444 empregos. O resultado é o melhor entre os municípios do Estado do Rio com mais de 30 mil habitantes, em junho.

 

Os números também são positivos no semestre, quando a cidade teve saldo positivo de 512 empregos com carteira assinada. Os dados demonstram que a economia da cidade vem retomando o crescimento, já que em 2016 foram fechadas 3.660 vagas de empregos.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Joselito Magalhães, o ambiente para negócios em Volta Redonda foi fundamental para a cidade alcançar esse resultado. “Na impossibilidade de grandes empresas se instalarem na cidade, devido a crise financeira que assola o país, e na dificuldade de se obter incentivos do estado, trabalhamos na melhoria do ambiente de negócios, tornando nossa cidade mais receptiva aos investimentos. Também oportunizamos o crescimento das empresas já instaladas no município”, celebrou.

Joselito também lembrou as medidas tomadas pela atual gestão, visando o desenvolvimento da cidade.“Criamos todo um processo de desburocratização para a retirada de alvará, que hoje chega a ser liberado em 24 horas. Também houve a extinção das taxas cobradas para os microempreendedores individuais (MEI) e a nova Lei do Livre Comércio”, destacou.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, ainda revelou que o objetivo do governo municipal é visitar empresas e feiras para atrair novos negócios para o município“Com base na nossa meta, que é buscar novas empresas para o município, vamos participar de feiras de negócios nos principais centros comerciais do país. Vamos apresentar Volta Redonda e todas as suas vantagens, como localização e infraestrutura. A marca do nosso governo está clara: cuidar das pessoas e gerar emprego”, concluiu Samuca.

Deixe um comentário