Grupo Ritmos Quatis participará de festival de dança na Argentina

Um dos projetos de inclusão social realizados pela Prefeitura de Quatis na área da cultura, o projeto de dança Ritmos Quatis participará do Festival de Danças do Mercosul, que acontece a partir desta terça-feira, 05, e vai até a próxima segunda-feira, 11 de setembro, na cidade de Puerto Iguazu (Argentina). ORitmos Quatis reúne atualmente 220 alunos, 90 deles residentes neste Município, nos bairros Santa Bárbara, Jardim Independência, Santo Antônio, São Benedito, Bondarowsky, Jardim Pollastri, Mirandópolis, Nossa Senhora do Rosário, além do distrito de Falcão, na zona rural, entre outras comunidades.

        O prefeito Bruno de Souza (PMDB) frisou que “o projeto alcança uma importância social cada vez maior na formação, principalmente das crianças, adolescentes e jovens de Quatis inscritos no Ritmos Quatis”. A participação do grupo no festival da Argentina, segundo ainda o entendimento do prefeito, “vai ampliar ainda mais o aprendizado dos alunos, e destacará o nome da cidade no cenário cultural latino-americano, uma vez que o evento reunirá grupos de outros países e de outros estados brasileiros, entre os quais, Minas Gerais, Paraná e Amazonas”.

        – Devemos, sim, despertar nossa atenção para a importância da participação do grupo Ritmos Quatisno Festival de Danças do Mercosul. Trata-se de mais um passo primordial visando alcançar o objetivo da nossa administração ao incentivar este projeto enquanto uma iniciativa que não proporciona apenas uma formação cultural aos segmentos da infância, adolescência e juventude da nossa cidade, mas torna realidade uma ação de inclusão social como forma de oferecer perspectivas de futuro aos alunos atendidos, ainda mais dentro de um momento em que se faz necessário aumentar as opções do bem para a juventude – disse o prefeito, acrescentando que o projeto atende todas as faixas etárias, a partir dos três anos de idade.

        No festival da Argentina, a cidade de Quatis será representada pelos bailarinos Thiago, Inae, Maira, José e Maria Júlia. As despesas com a participação, no caso dos alunos, estão sendo custeadas através de apoios obtidos junto a pessoas jurídicas e físicas, além da realização de rifas e outras iniciativas neste sentido, visando arrecadar recursos financeiros. A prefeitura arca com os profissionais encarregados de ministrar as aulas no projeto, as quais acontecem de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas, no Núcleo Cultural Quatis, situado no Centro da cidade. A coordenação geral do projeto é feita pelo professor Jefferson Santos.

        Segundo o professor Jefferson, o grupo de Quatis participará do festival Mercosul Argentina nos seguintes estilos: livre, jazz (lírico), dança urbana e dança contemporânea, apresentando pelo menos cinco coreografias. Ele explica que a indicação para que o projeto fosse inserido no festival da Argentina surgiu a partir da participação do grupo no Minas Brasil Fest Dance, realizado no começo de agosto, no Município mineiro de Itajubá. Neste mesmo festival, foi confirmada a indicação do grupo Ritmos Quatis no Festival Del Sale, que acontecerá no próximo ano, na Itália.

        – Em menos de dois anos, portanto, o nosso grupo se fará presente em dois acontecimentos internacionais de dança da mais alta importância. Além de representar um reconhecimento ao trabalho desenvolvido junto aos alunos matriculados no projeto Ritmos Quatis, essas conquistas valorizam ainda mais esta ação cultural para Quatis e a região de uma maneira geral, estimulando-nos a continuar realizando este projeto e aprimorá-lo cada vez mais – disse o professor.

Deixe um comentário