Rua de Compras na Vila deve atrair 100 mil pessoas

A próxima edição da Rua de Compras, Lazer e Entretenimento de Volta Redonda promete ser a maior de todas. Deve atrair cerca de 100 mil pessoas à Vila Santa Cecília no próximo domingo, dia 10. Com apoio da prefeitura e realizado pela CDL VR (Câmara de Dirigentes Lojistas), Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista) e Aciap VR (Associação Comercial, Industrial e Agropastoril), o evento trará novidades, como a utilização de duas ruas para atender o público e a participação dos feirantes da tradicional Feira Livre.

“Além dos dois lados da Rua 14, vamos ter interdição da Rua 16 e da Praça Brasil. Os feirantes estarão distribuídos na Rua 14, no canteiro central, liberando as calçadas dos dois lados da Rua 14. E a partir dali, as outras barracas da feira seguem contornando a Praça Brasil, terminando com a praça de alimentação dos food trucks. Também teremos empresas divulgando seus produtos e serviços, e os shoppings abrirão mais cedo”, revelou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, lembrando que, em função da Feira Livre, a Rua de Compras terá início mais cedo, às 8h, e se encerrará às 18h.

“Teremos várias secretarias municipais trabalhando, levando serviços, atrativos culturais e atividades esportivas ao longo da avenida. Esperamos que a população de Volta Redonda prestigie, mais uma vez, essa que será a maior Rua de Compras em nossa cidade”, convidou o prefeito Samuca Silva.

 

A expectativa é grande entre os feirantes, que estão se preparando para atender o grande público esperado. Marinho Tadeli Cunha, que trabalha na Feira Livre há 25 anos, atua com venda de vestuário feminino e se mostra ansioso pelo evento.

“Estamos trabalhando junto aos feirantes para que se faça o maior número de promoções da história da Feira Livre. Estamos buscando mão de obra adicional para dar aos clientes um atendimento vip”, conta ele, citando que a Feira Livre costuma receber, em média, cerca de 20 mil pessoas aos domingos.

Os lojistas também estão reforçando a equipe, contratando mão de obra freelancer. A proprietária de uma loja de calçados, Vanessa Machado, disse que vai aumentar sua equipe em 40% e também está reforçando o estoque de produtos.

“Tem gente que só vai à Vila aos domingos, por conta da feira, e não conhece o comércio do local. Vai ser uma oportunidade para que conheçam e aproveitem as ofertas. Vamos vender o restante da coleção antiga com preço menor do que o da última liquidação e oferecer descontos na coleção nova”, conta Vanessa, afirmando que espera receber um público 40% maior.

Confira como vai ficar o trânsito

De acordo com a Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, o fechamento das vias será realizado a partir do domingo, dia 10, às 4h e seguirá até as 20h. A proibição de estacionamento será a partir de 23h no sábado e  também termina às 20h do domingo.

Algumas alterações foram programadas para melhor atender ao público do evento:

O ponto de táxi em frente à loja Casas Bahia, na Rua 14, será transferido para a Rua 16, em frente ao Vila Shopping e à Igreja Universal.

Os taxistas que ficam em frente às Lojas Americanas, na Rua 25-A, serão realocados para a Rua 33, em frente à empresa Oi.

Os motoristas terão como vias de acesso as ruas 12, 21, 18 e 41, além da Rodovia dos Trabalhadores.

Os ônibus que chegam à Vila Santa Cecília farão o contorno pelo Escritório Central, subirão pela Rua 21 e seguirão pela Rua 33.

Vias que serão interditadas ao trânsito:

– Rua 16 (entre as ruas 21 e 33)

A entrada do estacionamento da Vila estará liberada

– Rua 14 (toda extensão, entre as ruas 21 e 33)

– Rua 25-A (entre as ruas 16 e 12)

– Rua 23-B (entre as ruas 16 e 12)

– Rua 23-A (entre as ruas 14 e 12)

– Rua 33 (entre as ruas 12 e 18)

– Rua 27 (entre as ruas 14 e 16)

– Praça Brasil

Rua ao lado do Mercado Popular e Rua 43 estarão funcionando em meia pista

A saída com a Rua 14 estará liberada com acesso a partir da Rua 18. (Subida)

Deixe um comentário