Barra Mansa ganha pista de XCO olímpico

Barra Mansa ganhou mais uma opção de esporte: a pista de XCO (Cross Country Olímpico) modalidade do mountain bike, localizada no UBM (Centro Universitário de Barra Mansa). O XCO funciona em circuitos com vários obstáculos naturais e artificiais, é uma modalidade mais radical que a maratona e com dificuldade bem mais alta do que e outras modalidades, exigindo mais experiência do ciclista. A reabertura da trilha aconteceu na Expo Bike, evento que reuniu ciclistas de toda a região na manhã deste domingo, 17.
 
O prefeito Rodrigo Drable participou do Expo Bike, percorreu a trilha e disse que ficou encantado com o nível profissional do percurso. “A pista de XCO do UBM abre para Barra Mansa a possibilidade de receber eventos de padrão internacional. Agradeço muito a todos os profissionais envolvidos nesse trabalho, que não têm medido esforços para melhorar a cidade”.
 
O diretor do UBM, Fernando Vitorino, ressaltou  que o objetivo do evento é abrir espaço para competição e atletas de alto nível, que atenda não só o público que está começando a prática esportiva. “Um espaço onde poderão ser realizados grandes competições. Isso é melhoria da qualidade de vida do município. É um espaço com percurso para profissionais”, destacou. 
 
De acordo com o gerente de Juventude, Esporte e Lazer, Marco Cambraia, a trilha tem um trajeto de aproximadamente três quilômetros e só possui subidas e descidas, não tem plano e é bem curta. “É uma prática que envolve muita técnica por parte dos ciclistas pela característica pesada que fazem parte da modalidade”, afirmou.
Cambraia disse ainda que o esportista não precisa de tanta resistência física em comparação com outros estilos do mountain bike, mas é necessário maior potência muscular para superar partes técnicas e mais difíceis do trajeto.
 
O bicampeão estadual da modalidade, Glauber Cunha, elogiou a iniciativa de reabertura da trilha no município e destaca a importância do incentivo à prática esportiva, não só para a saúde, mas também para a economia. “XCO não é um esporte amador, é uma modalidade olímpica e são poucas cidades do Estado que possuem uma pista dessa. O grau de dificuldade elevado do esporte numa cidade como Barra Mansa, com tantos ciclistas, além de servir como estímulo para a prática, fomenta o comércio do ramo”, destacou.
 
A ciclista Ana Carolina Teixeira, que pedala desde 2010 , experimentou e elogiou a trilha. “É uma pista extremamente técnica, mas importante demais para a modalidade aqui na cidade. Muitas pessoas das região poderão treinar aqui, ainda mais pela localização central. Acho uma iniciativa muito importante para o esporte e para o município”, destacou.
 
O comerciante Luciano Silva, que tem loja no ramo de ciclismo e coordena uma equipe de ciclistas, considera fundamental para o crescimento de seus negócios a reabertura da trilha e eventos como o Expo Bike. “Para nós, comerciantes, é fundamental que os amantes do esporte conheçam o ciclismo de forma profissional. É muito importante para as lojas, para a melhoria da economia e movimento do comércio  local”, afirmou.

Deixe um comentário