Frota de veículos de Volta Redonda cresceu mais de 130% em 14 anos

A frota de veículos de Volta Redonda aumentou, entre 2001 e 2015, 136%. Enquanto a população, no mesmo período, cresceu 7,17%. A informação foi passada na noite desta sexta-feira, dia 15, pelo secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Wellington Silva, durante o terceiro debate para a construção do Plano de Mobilidade Urbana do município, que aconteceu na Escola Municipal José Fontes Torres, no bairro São Luiz.

O objetivo do poder público foi ouvir as reclamações e sugestões para a mobilidade dos moradores dos bairros Candelária, São Luiz, Nova São Luiz, Pinto da Serra e São Sebastião.

Wellington destacou que Volta Redonda tem mais de 91 mil automóveis, além de 14 mil motocicletas.

“Por isso, precisamos melhorar nossa mobilidade urbana, com investimento em transporte coletivo e alternativo. Nos últimos anos, a nossa população cresceu cerca de 7% enquanto a frota de veículos aumento mais de 130%. Diante disso, precisamos de um Plano de Mobilidade Urbana que vai nortear todas as ações pelos próximos anos”, destacou o secretário.

O prefeito Samuca Silva exemplificou o projeto Tarifa Comercial Zero, como uma das importantes ações na melhoria da Mobilidade Urbana em Volta Redonda.

“Estamos ouvindo a população, fazendo um diagnóstico dos problemas do bairro. Além disso, daremos início em breve aos testes do Tarifa Comercial Zero, que será um ônibus elétrico que vai circular pelos principais centros comerciais da cidade sem cobrar tarifa do passageiro. Isso reduzirá a quantidade de carros nas ruas”, comentou o prefeito.

O secretário Wellington reforçou ainda a  importância do Plano de Mobilidade Urbana para que a município consiga recursos para viabilizar as melhorias.

 “Sem o plano o Governo Federal não transfere nenhum recurso para o município para obras de mobilidade. Estamos ouvindo a população, com compreensão e bom senso, para construir o melhor plano para todos”, explicou.

Para o morador do São Luiz, Rogélio Gonçalves, que participou do debate, é muito importante o poder público ouvir a população.

“Somos nós que vivemos os problemas no dia a dia. Acho essa medida muito importante e nossa esperança é que nossos problemas sejam resolvidos”, destacou, ressaltando que um dos piores problemas na mobilidade do bairro é a falta de respeito de motoristas em relação às faixas de pedestres.

O debate está sendo organizado pelas secretarias municipais de Transporte e Mobilidade Urbana; Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão; e pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPU).

Todos os bairros do município receberão os debates para a construção do PlanoMob. Nesta segunda-feira, dia 18, o debate irá acontecer na Escola Municipal Prof Marizinha Félix T. Lima – Av. Paulo Erlei Alves Abrantes, no bairro Três Poços. O encontro será para os moradores dos bairros Pedreira, Três Poços e Vila Rica (Três Poços).

Deixe um comentário