Saúde: Centro Cirúrgico de Itatiaia possui 3 salas de cirurgia totalmente equipadas

A Prefeitura de Itatiaia, por meio da Secretaria de Saúde, concluiu nesta semana a compra de equipamentos que faltavam para equipar totalmente as três salas do Centro Cirúrgico do Hospital Municipal Manoel Martins de Barros.

O Centro Cirúrgico, ampliado e reformado em julho, conta com sala de equipamentos, posto de enfermagem, sala de RPA, 3 salas de cirurgias,sala de convivência e banheiros masculino e feminino. O espaço reúne ainda, de forma descentralizada, a área de esterilização que é composta por sala de espurgo, área de desinfecção, sala de esterilização, arsenal, banheiro e depósito de material de limpeza (DML).

Segundo a enfermeira coordenadora do Centro Cirúrgico, Dilsevana Correa, no último dia 25 a Vigilância Sanitária do Estado esteve no local para fiscalização.

– Nós recebemos a fiscalização da Vigilância do Estado e estamos com tudo legalizado e liberado por eles, ou seja, nosso centro cirúrgico atende todas as normas exigidas para segurança dos pacientes. Todas as salas estão climatizadas e com as 3 funcionando conseguimos fazer uma média de 4 cirurgias por dia, dependendo da complexidade do procedimento – explicou a enfermeira.

De acordo com o diretor técnico do Hospital Municipal, Drº Fernando Freitas, o centro cirúrgico realizou de fevereiro até hoje, 20 de setembro, 177 cirurgias de pequeno e médio porte.

– O centro cirúrgico hoje está preparado para cirurgias de pequeno e médio porte e os procedimentos são realizados duas vezes na semana, com agendamento prévio. Além dos pacientes agendados, atendemos ainda as emergências que aparecem e nos programamos previamente quando há a necessidade do uso de CTI – comentou Drº Fernando.

O diretor explicou ainda que a previsão é que até dezembro os procedimentos cirúrgicos sejam realizados de segunda a sexta.

– Estamos com o projeto para termos procedimentos de segunda a sexta em nosso hospital, inclusive cesarianas e cirurgias ginecológicas. Até dezembro estaremos com 100% de funcionamento, mas sempre respeitando a capacidade do nosso hospital para termos um trabalho de qualidade.

Deixe um comentário