Tarifa Comercial Zero começa a operar em Volta Redonda

As primeiras viagens do projeto ‘Tarifa Comercial Zero’ aconteceram nesta segunda-feira, dia 9, com quatro grupos de convidados: imprensa, empresários, presidentes de associações de moradores e vereadores. O ônibus estará à disposição da população nesta terça-feira, dia 10. O horário de circulação será das 8h30 às 18hs com seis pontos de embarque e desembarque (confira no quadro abaixo), diferentes dos utilizados pelas viações que têm concessão do transporte coletivo no município. Num trajeto circular, o veículo passará pelo Retiro, Aterrado, Vila Santa Cecília e Avenida Amaral Peixoto, os quatros principais centros comerciais da cidade.

O objetivo do projeto é melhorar a mobilidade urbana e dar mais conforto aos passageiros, além de aquecer a economia nos pontos comercias, conforme informou o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva.“Queremos que a população deixe o carro em casa para vir aos centros comerciais de ônibus elétrico. Neste período de teste, vamos calcular o tempo de corrida e quantidade de passageiros que utilizaram o ‘Tarifa Comercial Zero’”, afirmou o prefeito, em entrevista coletiva.

“No país, Volta Redonda será o primeiro município que pode adquirir um ônibus elétrico para o transporte gratuito, uma das promessas de campanha. Aliás, nesses 10 meses de governo, mais de 80% do nosso Plano de Governo já foram cumpridos ou iniciados”, frisou o prefeito.

Cidade vai ter três ônibus elétricos

A Prefeitura de Volta Redonda quer adquirir, por meio da modalidade do pregão eletrônico, três ônibus elétricos para atender o ‘Tarifa Comercial Zero’. “No edital, exigimos que o ônibus seja elétrico e com um mínimo de 20 anos de garantia ao município. Vale lembrar que o custo é muito baixo para a cidade, com manutenção de pneus e energia elétrica. Isso não tem nem comparação aos veículos que utilizam combustíveis fosseis”, comentou o prefeito.

O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU), Wellington Silva, destacou que quando o projeto estiver com três ônibus elétricos, o tempo de espera dos passageiros nos pontos será dentre 20 e 25 minutos. “Nossa expectativa é que a espera fique entre 20 e 25 minutos. Hoje o ônibus, para fazer a rota completa, demora pouco mais de uma hora”, comentou, ressaltando que o veículo conta com wifi, ar-condicionado, carregador de celular e velocímetro exposto ao passageiro.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, o Tarifa Comercial Zero ajudará a fortalecer o comércio. “O ônibus também irá circular aos sábados no mesmo horário, o que poderá estimular os comerciantes a ficarem abertos por mais tempo. O projeto vai beneficiar o comércio, já que vai circular nos principais centros comerciais da cidade”, acredita.

Um dos empresários mais tradicionais de Volta Redonda, senhor João Arbex, de 87 anos, foi um dos que fizeram parte das primeiras viagens do ‘Tarifa Comercial Zero’. Ele acredita no sucesso do projeto. “É um projeto excelente, de muito futuro. Vai de encontro com o que a população espera, que é um transporte de qualidade. E para o comércio também será bom, pois as pessoas terão um transporte com mais conforto para ir aos centros comerciais”, destacou o senhor João.

Quem também experimentou o primeiro dia do ‘Tarifa Comercial Zero’ foi a presidente da Federação das Associações de Moradores de Volta Redonda, Fátima Martins. “Acho que é uma forma moderna de trazer os moradores para os centros comerciais, que é o intuito do projeto. Também espero que, com esse ônibus que é muito bom, as empresas de transporte coletivo também possam melhorar os veículos”, comentou Fátima.

Autonomia chega a 400 quilômetros

O percurso do ‘Tarifa Comercial Zero’ tem 12 quilômetros e a autonomia da bateria do ônibus elétrico é de 400 quilômetros, conforme divulgou o vice-prefeito Maycon Abrantes, que também participou das primeiras viagens. “A previsão é que o veículo faça sete circuitos diários. Isso não gasta nem a metade da bateria do ônibus, totalmente econômico e ecológico”, disse o vice-prefeito. Para instalar os seis pontos de paradas foram necessárias a retirada de apenas 20 vagas de estacionamento. “Isso é muito pouco para o benefício que o projeto traz à população, aos empresários e à mobilidade urbana da cidade”, afirmou.

 

 

Veículo chama atenção nas ruas de Volta Redonda

Por onde passava, o ônibus chamava atenção da população. Muitos fizeram fotografias para registrar o momento histórico para Volta Redonda. Quem estava na expectativa de andar pela primeira vez no veículo elétrico foi a enfermeira Rosane Copio. “Super bacana o projeto. A ideia é excelente, trazendo mais mobilidade para cidade e a oportunidade para aqueles que ainda não têm direito a gratuidade. Com certeza, vou experimentar. Amanhã estarei utilizando”, destacou a enfermeira.

A cabeleireira Fernanda de Assis da Silva também ficou admirada com o novo ônibus nas ruas da cidade. Não poupou elogios: “Vou poder economizar e andar em um veículo mais confortável. Amei. Muito chique. Ainda nesta semana vou andar no ônibus”.

Confira os pontos de embarque e desembarque:

Nesta terça-feira, dia 9, o ônibus começará a circular às 8h30, saindo do ponto inicial, no bairro Retiro.

Ponto 1 (saída): Rua Campos, no bairro Retiro.

Ponto 2: Avenida Paulo de Frontin (ao lado do Palácio 17 de Julho)

Ponto 3: Rua C, na Vila Santa Cecília (atrás do Escritório Central).

Ponto 4: Rua Gustavo Lira, no Centro.

Ponto 5: Rua Eduardo Junqueira, de acesso a Avenida Amaral Peixoto, no Centro.

Ponto 6: Avenida Lucas Evangelista, no Aterrado (próximo ao Saae-VR).

Deixe um comentário