Ministério da Agricultura suspende licenças de importação do leite uruguaio

O deputado Alexandre Serfiotis considerou acertada a decisão do Ministério da Agricultura em suspender temporariamente a importação de leite vindo do Uruguai para o Brasil.

“Enquanto não se apurar a origem do produto é importante manter esta suspensão, pois há denúncias sobre a procedência do leite, que seria originado de outros países, e após passar pelo Uruguai, era vendido para nosso país e, o que é mais grave, por meio da prática de dumping, que é a venda com preço abaixo do preço praticado no  nosso mercado interno”, declarou Serfiotis, que já havia se manifestado em Plenário sobre a situação dramática pela qual os produtores brasileiros vêm passando devido à importação do leite, supostamente 100% uruguaio.

O governo uruguaio nega que o país importe leite para depois revendê-lo.

Nesta segunda-feira uma comissão de técnicos do Brasil viaja ao Uruguai para tentar resolver o impasse, o que pode resultar na retomada das importações de forma a não prejudicar os pecuaristas brasileiros, e desde que se comprove que o leite importado seja 100% uruguaio e possa ser regulamentado pelas regras comerciais do Mercosul.

Deixe um comentário