Prefeitura de Volta Redonda abre quiosques no mercado popular no Aterrado

A prefeitura de Volta Redonda, através de uma parceria entre o Banco VR de Fomento, a secretaria municipal de Fazenda e a Guarda Municipal de Volta Redonda, realizou nesta sexta-feira, dia 20, a abertura dos quiosques que estavam fechados no mercado popular, próximos à Praça da Chaminé, no Aterrado. Os objetivos da ação, que já aconteceu em outros dois bairros da cidade, são: identificar os quiosques e boxes que não estão sendo utilizados; fazer uma revitalização dos mercados populares; e deixar esses espaços disponíveis para nova utilização. Ao todo, foram abertos e vistoriados 19 quiosques.

De acordo com o gestor do Banco da Cidadania, Nelson Kruschewsky, a intenção é revitalizar todos os mercados populares da cidade. “É mais uma forma de gerar emprego e renda na cidade. Esses espaços não podem ficar fechados. É um desperdício”, comentou Nelson. O fiscal da secretaria de Fazenda, Vandre Lopes de Freitas, disse que é muito importante manter essas ações de fiscalização. “Os espaços têm que ficar disponíveis para quem precisa trabalhar. Nosso serviço é normalizar os quiosques e proporcionar a possibilidade dos comerciantes trabalharem dentro da lei”, disse.

 

Para Elisabethe Cristina Moreira, uma das comerciantes do local, a iniciativa é boa. “Quanto mais quiosque abertos, melhor. Isso faz com que a circulação de pessoas aumente e a possibilidade de vendas também”, falou. Segundo os comerciantes ativos no mercado popular, alguns boxes estão fechados há muito tempo. “Tem um quiosque aqui que está fechado tem quase oito anos. O antigo dono morreu e a família nunca apareceu”, contou Antônio Carlos da Silva, que já é vendedor no local há 40 anos.

 

As ações irão continuar pela cidade. O próximo bairro será o Retiro. Após as fiscalizações e revitalizações, a intenção do Banco VR de Fomento é cadastrar as pessoas interessadas na utilização dos boxes e depois fazer o sorteio dos espaços.

Deixe um comentário