SAAE BM pede colaboração dos moradores na higiene

O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Barra Mansa tem se empenhado para melhorar a higienização das ruas da cidade. Através da CRS (Coordenadoria de Resíduos Sólidos) realiza limpeza e lavagem periódica nas entradas da cidade e nos locais com grande fluxo de pessoas. A autarquia orienta a população sobre a importância da conscientização de todos na manutenção da limpeza.

 

Segundo o Gerente de Coleta de Resíduos, Isaias Gomide, a CRS deu continuidade na limpeza do Centro, depois das festividades do mês de outubro e se estendeu para as entradas da cidade. “Fizemos de locais como Albo Chiesse, Abelhas, José Alves Caldeira, fizemos também a subida Cotiara, na José Hipólito até a guarda municipal, a Ministro Amaral Peixoto, o entorno do Jardim Boa Vista e cemitério. Além disso, fizemos limpeza na Saudade, no ponto final e início do bairro”, conta.

 

Os serviços de limpeza compreende algumas frentes de trabalho da autarquia como capina, roçada, varrição e ensacamento. Também é utilizado caminhões para a coleta de resíduos volumosos e entulho pesado. Outro método de limpeza da CRS é a lavagem.


De acordo com Isaias, locais como o ponto de ônibus da Colitur, galhas da estação de trem e demais localidades no Centro recebem a lavagem um ou mais vezes por semana. Já a Praça da Matriz, por exemplo, é lavada uma vez ao mês. “A gente usa caminhão pipa em algumas ruas, mas geralmente é usado o próprio ponto de água do local”.

 

Isaias pontua a importância da população na continuidade da limpeza urbana. “É uma responsabilidade de todos, não só do poder público em efetuar a limpeza. Então, a gente pede para que população ajude o município, não descartando resíduos na rua fora da programação da limpeza, por exemplo, pois quando tem a atividade da nossa equipe fica mais adequado o recolhimento”.

 

A limpeza acontece todos os dias contando finais de semana e obedece a diversas solicitações como atendimentos mais emergenciais, pedidos de figuras políticas e planejamento da coordenadoria. O Coordenador de Resíduos Sólidos, Jackson Rabelo, pede para que os moradores colaborem de maneira consciente no descarte de materiais.


“Precisamos que a população contribua, no sentido de não jogar o entulho nas ruas, de colocar o lixo para fora na hora certa e ligar para o SAAE quando tiver dúvidas em relação ao despejo de material ou a disposição de móveis velhos para darmos toda a orientação”.

Deixe um comentário