Resende realiza Dia D de Vacinação Contra a Febre Amarela

A Prefeitura está estendendo a vacinação contra a febre amarela para toda população das zonas urbana e zona rural de Resende. Para isso, no próximo dia 25, sábado, será realizado o Dia D de Vacinação contra a doença no município. A decisão foi tomada pela Secretaria Municipal de Saúde após a confirmação, em 2017, da presença do vírus e de casos de febre amarela em municípios do Estado Rio e de São Paulo. Em função disso, o Plano Nacional e Municipal de Contingência para Arboviroses Urbanas e Febre Amarela classifica o Estado e o município de Resende como área de potencial risco de emergência, onde é recomendada a vacinação.

A Secretaria Municipal de Saúde, que tem em estoque 25.400 doses de vacinas contra a febre amarela, desenvolveu um Plano de Intensificação da Vacina classificando Resende no Cenário 1 (nível de ativação zero: monitoramento ampliado do período sazonal) e área ampliada de vigilância da febre amarela. A diretora do Centro Municipal de Vacinação, enfermeira Maria Regina de Paula, lembrou que o Dia D de Vacinação visa ampliar a prevenção contra a doença.

– A vacinação é essencial para que a população fique protegida e vale à pena lembrar que apenas uma dose da vacina é suficiente para uma proteção total e duradoura. Por isso é importante que a população compareça aos postos no dia 25 – disse Maria Regina.

Com a vacinação em massa no dia 25, a Secretaria de Saúde inicia o monitoramento do período sazonal, alertando toda a rede de serviços do SUS, e também as instituições parceiras, sobre a importância da vacinação, em especial nos grupos de maior risco, que são:

– Moradores, visitantes e trabalhadores de áreas rural e silvestre em Áreas Com Recomendação de Vacina (ACRV)

– Viajantes não vacinados que se dirigem às ACRV

– Praticantes do turismo ecológico/rural, além da população residente e visitante de localidades em ACRV que apresentem baixa cobertura vacinal

Circulação do vírus

Resende se localiza entre dois importantes cenários de circulação comprovada do vírus da febre amarela. E os riscos de contrair a doença aumentam ainda mais nesta época do ano em função do início da temporada das chuvas, que também é período de alerta para epizootias (doenças endêmicas de animais) por febre amarela em macacos. Somado a isso, há ainda o perigo da transmissão urbana da doença através do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

De acordo com o Plano Municipal de Intensificação da Vacina contra Febre Amarela a cobertura vacinal alcançada na zona rural do município não foi homogênea, atingindo mais de 95% em apenas duas áreas: Serrinha/Capelinha e Zona Rural, que compreende as localidades de Vargem Grande, Pedra Selada, Fumaça, Bagagem e Jacuba. Já as comunidades de Visconde de Mauá e Engenheiro Passos oferecem risco de introdução e surto de febre amarela humana silvestre por terem registrado índices de vacinação de 60,33% e 45,87%, respectivamente.

Confira os locais e horários da vacinação

No dia 25, as unidades de saúde de Resende ficarão abertas das 8 às 13h para a realização exclusiva da vacinação contra febre amarela nos seguintes bairros: Paraíso, Cabral, Fazenda da Barra, Morada da Barra, Vicentina, Novo Surubi, Liberdade, Manejo, Itapuca, Cidade da Alegria, Jardim da Alegria, Jardim Primavera, Engenheiro Passos, Visconde de Mauá e Posto de Saúde Resende (antigo Posto do Estado).