Estrada da Serrinha ganha nova ponte

Foram seis horas ininterruptas de muito trabalho, mas a partir de hoje quem passar pela estrada Joaquim Criminal, na Serrinha do Alambari, próximo a entrada da Pedra Sonora, vai poder trafegar com toda segurança e tranquilidade. É que a ponte que havia no local, e que estava completamente deteriorada pelo tempo e pelo peso dos veículos, deu lugar a uma nova travessia. Os trabalhos, executados pelas Secretarias Municipais de Agricultura e de Obras, tiveram início às 9h, quando a estrada foi interditada, e concluídos por volta das 15 horas, quando o tráfego de veículos foi liberado.

De acordo com o secretário de Agricultura, Alberto Figueiredo, as travessas de sustentação do tabuleiro da ponte, que eram de eucalipto e estavam apodrecidas pela ação do tempo, foram substituídas por trilhos de ferro, que são muito mais resistentes. Sobre elas, foram instalados pranchões novos de madeira, em substituição aos antigos que também estavam deteriorados, e colocadas as passarelas por passam as rodas dos veículos. Além disso, as cabeceiras da ponte onde foram concretadas as travessas, também passaram por um processo de limpeza.

O objetivo do trabalho, que envolveu uma equipe formada por 10 homens, além de um caminhão munck, uma máquina retroescavadeira e veículos leves, foi oferecer mais segurança aos moradores e visitantes da Serrinha do Alambari, que é um dos principais pontos turísticos de Resende.

-Esta ponte estava em estado bastante precário, oferecendo riscos para os motoristas. Agora, com o trabalho que realizamos, a travessia voltou a oferecer toda a segurança necessária, principalmente em função do material que utilizamos, que tem grande durabilidade – explicou o secretário Alberto Figueiredo.

Mais travessias – Além da ponte da Serrinha, recuperada hoje (quinta-feira, 23), a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com a Secretaria de Obras, já recuperou outras sete travessias localizadas em estradas rurais do município. Duas delas ficam na estrada que liga as vilas de Vargem Grande e Fumaça; outras duas na Capelinha; uma na Boca do Leão; uma na Boca do Rego; e uma na estrada de acesso ao Clube Náutico.

Deixe um comentário