Escolas realizam eleições para diretores e adjuntos

A próxima quinta-feira, 7, será dia de eleição para a escolha de diretores e adjuntos das dez unidades educacionais da rede pública municipal, de acordo com a Lei Municipal 595 de 20 de setembro de 2017. Entre os atuais diretores, apenas os efetivos poderão concorrer ao pleito ou ainda profissionais da educação, lotados na própria unidade escolar, que cumprirem com as exigências estabelecidas na norma. Para se candidatar ao cargo o profissional do magistério deve possuir graduação em Pedagogia e/ou pós-graduação em Gestão Escolar ou Administração Escolar. O mandato de diretor será de 2 anos com o início dia 2 de janeiro de 2018, data em que serão empossados os eleitos.

Segundo a secretária de Educação, Cultura e Turismo, Maria Madalena Ferreira de Souza, o processo de escolha dos novos diretores será precedido de eleição e, pela primeira vez na cidade, com a participação da comunidade escolar (pais ou responsáveis por alunos menores de 16 anos e estudantes maiores dessa idade), por voto direto, livre e secreto. “De acordo com a classificação e dependendo do número de componentes da chapa e da quantidade de alunos na escola, pode-se eleger mais de um diretor adjunto por unidade”, esclarece. Poderão voltar ainda, integrantes do quadro do magistério e servidores em efetivo exercício na respectiva unidade escolar.

A eleição será realizada de forma simultânea nas escolas Professora Eliana Provazi; Patrícia Pineschi; Cruz e Souza; Sebastião Barbosa de Almeida; Marina Graciani Fontanezzi; José Ferreira da Silva; Creche Cacilda Verri Marassi e Creche Waldir Roberto da Conceição, das 8h às 17h. E nas unidades escolares Maria Hortência Nogueira; e Ciep 487 Brizolão Oswaldo Luiz Gomes das 8h às 20h.

A Secretaria ainda esclarece que pais ou responsáveis deverão votar na unidade escolar onde o filho (a) estiver matriculado, devendo ainda apresentar documentação.

Campanhas

De acordo com a presidente da Comissão Eleitoral de Coordenadoria (CEC), Ivone Barbosa Bento, as inscrições das chapas foram feitas 30 dias antes do início do pleito, sendo assim as escolas se encontram em período de campanha eleitoral, apresentando as respectivas propostas pedagógicas. “A comissão, composta por sete membros, organiza todo o recurso eleitoral nas unidades escolares como a normatização do processo, seus parâmetros e modelos de célula, ficha de acompanhamento dos eleitores e de inscrições”, afirma.

Deixe um comentário