Concurso público do SAAE VR teve mais de cinco mil participantes.

Neste domingo (dia 10), 5.896 candidatos – a maioria de Volta Redonda, mas também de outras cidades da região -, participaram pela manhã, de 9h às 12h, do concurso público do Saae VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda). 

As provas foram realizadas em nove escolas do município e uma escola estadual em Barra Mansa, para o preenchimento de 45 vagas dos  níveis  fundamental, médio e superior. O resultado sai em janeiro de 2018. Segundo informou o diretor executivo do órgão, José Geraldo Santos, o Zeca, no dia 26 de janeiro de 2018. 

Nesta data será dado o resultado oficial do concurso, já com todos os recursos dos candidatos analisados, se houver. As informações estão detalhadas no edital do concurso, promovido pelo Departamento de Concursos da FEVRE (Fundação Educacional de Volta Redonda“, disse.

As vagas são de servente, auxiliar de tratamento, encanador, operador de máquinas pesadas, motorista, assistente administrativo, fiscal de instalação, leiturista, técnico de laboratório, técnico em contabilidade, eletromecânico, analista de sistemas de distribuição, assistente social.  

Zeca explicou as razões para realizar o concurso, que teve total apoio do prefeito Samuca Silva. 

Nós temos cerca de 400 funcionários na ativa, mas muitos estão se aposentando. A cidade está crescendo, se desenvolvendo e o serviço público que nós prestamos à população precisa de acompanhar este ritmo de crescimento, investindo na melhoria dos serviços e na sua qualidade de atendimento. Precisamos renovar o nosso quadro funcional e acompanhar as demandas que aumentam junto com o desenvolvimento e expansão do município”, frisou o diretor executivo.

O prefeito Samuca Silva comentou os investimentos realizados este ano pelo Saae VR, que em 2017 completa 50 anos e reforçou o apoio dado pela prefeitura à autarquia.

Só este ano foram cerca de R$ 2,5 milhões de recursos próprios de investimentos em obras em diversos pontos da cidade. Já conquistamos outros R$ 2,4 milhões de verbas externas ainda a serem aplicadas. A prefeitura não pagava sua própria conta ao Saae e esse ano, assim que assumimos, começamos a pagar, dando mais autonomia e condições de investimento “, afirmou Samuca. 

Os candidatos que fizeram as provas, saíram na expectativa de que poderão em breve começar a trabalhar.

Acredito que fui bem em português e matemática e tenho chances porque estou fazendo prova para a minha área, que é Serviço Social”, disse Kênia de Assis Teixeira, moradora de Porto Real.

Já Alex Bittencourt da Silva tem 44 anos, mora em Volta Redonda. Ele é técnico em eletrônica, está desempregado e resolveu investir no futuro, fazendo a prova.

Ficar desempregado é horrível e investir  em um concurso público pode me dar um  novo futuro“, comentou.