Santa Casa recebe novos equipamentos

Menos de 15 dias depois de conquistar a licença de funcionamento pela Superintendência de Vigilância Sanitária do Estado (SUVISA), o que não acontecia há 20 anos, a Nova Santa Casa de Misericórdia de Resende tem mais um bom motivo para comemorar. Nesta segunda-feira, dia 11, a instituição, que é a mais antiga da cidade na área da saúde, recebeu três novos equipamentos industriais que vão agilizar e otimizar os serviços de higienização na lavanderia do hospital: uma centrífuga, uma secadora, ambas com capacidade para 50 quilos de roupas, e uma calandra horizontal (passadeira).

Os equipamentos, que vão substituir aparelhos antigos, que sempre apresentavam defeito, foram doados pela empresa Man Latin America, que se solidarizou com processo de recuperação da Santa Casa, iniciado em janeiro deste ano pela Prefeitura de Resende, quando a instituição começou a reequilibrar suas finanças. Um dos fatores primordiais para esta conquista, além de uma boa gestão, foi a quitação, por parte da gestão municipal, de uma dívida de R$ 1,5 milhão, deixada pela administração passada.

 

Entrega de novos monitores cardíacos

Além dos equipamentos para a lavanderia, a Man Latin America também doou para a instituição quatro monitores cardíacos multiparâmetros, que exibe em tempo real a frequência respiratória e cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, capnografia, pressão arterial, temperatura, entre outras informações. Também foi doado um bisturi eletrônico e um monitor de oximetria de pulso, dispositivo que mede indiretamente a quantidade de oxigênio no sangue de um paciente.

 

Mais equipamentos para chegar

A parceria, que demonstra seriedade da política de responsabilidade social desenvolvida pela empresa, terá continuidade em 2018, quando a Man Latin doará para a instituição, ainda no primeiro semestre, um equipamento autoclave de 250 litros, uma mesa cirúrgica, um aparelho de anestesia, mesa auxiliar com banco giratório, e materiais cirúrgicos como pinças, tesouras, afastadores, bisturis e perfuradores ósseos, além de 53 camas hospitalares, 53 poltronas recicláveis para acompanhantes e 53 escadinhas para leitos. O investimento total soma o montante de R$ 635.850,00.

O prefeito Diogo Balieiro Diniz, que defende a recuperação da Santa Casa como uma das principais bandeiras da administração municipal neste ano, ressalta que a iniciativa da Man Latin America confirma a importância que a instituição tem para a cidade e seus moradores.

– A Nova Santa Casa de Resende sempre teve, e continua tendo, enorme importância para a cidade. Por isso investimos nela, e direcionamos gestores capacitados para a direção. Desde os primeiros dias de Governo estamos trabalhando para resgatar a credibilidade e a qualidade de atendimento à população. Esta doação reforça a percepção de valorização do espaço por parte também da iniciativa privada, o que só confirma que estamos no caminho certo – diz o prefeito.

Recuperação da rede elétrica

De acordo com a direção da Santa Casa, para que os equipamentos da lavanderia entregues hoje possam ser instalados com segurança, o que ocorrerá ainda esta semana, toda a rede elétrica do setor foi substituída.

– Além de serem mais modernos e potentes esses equipamentos que acabamos de receber são muito mais econômicos, e isso tem uma grande importância para a nossa instituição, que precisa manter uma política de austeridade e de redução de custos para dar continuidade ao trabalho de reequilíbrio financeiro implantado este ano – explicou o diretor Administrativo da Santa Casa, Luiz Eduardo Saldanha, agradecendo também a parceria com a empresa Resenmuck, que contribuiu com a descarga dos equipamentos gratuitamente.