Volta Redonda convoca beneficiários do Bolsa Família para acompanhamento médico

Beneficiários de Volta Redonda do programa do Governo Federal Bolsa Família devem comparecer à unidade de saúde mais próxima de casa, até o dia 31 de dezembro deste ano, para realizar o acompanhamento de saúde. O público-alvo é formado por crianças de até sete anos, gestantes e mulheres de 14 a 44 anos. Os beneficiários devem apresentar documento de identidade, cartão de vacinação das crianças, cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão, e, no caso de gestantes, o cartão pré-natal atualizado.

 

As ações de acompanhamento na saúde, ofertadas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) – pesagem, vacinação da criança e consultas de pré-natal, fazem parte das condicionalidades do Programa Bolsa Família.

 

Maycon Abrantes, vice-prefeito e secretário municipal de Ação Comunitária, gestor do Programa Bolsa Família no município, afirma que é importante que as famílias fiquem atentas. “A orientação é para que todos os integrantes, inseridos no Cadastro Único (CadÚnico), procurem uma unidade de saúde, evitando assim que o benefício seja bloqueado ou suspenso a partir de janeiro 2018”, alertou.

O prefeito Samuca Silva, reforçou a importância do poder público investir em questões sociais. “Esse governo tem por princípio, promover ações que incentivem a inclusão social. Sempre que há reuniões, solicito às áreas sociais do município que estejam atentos a essas questões”, disse o prefeito.