Defesa Civil Municipal divulga balanço e reforça metas para 2018

Um relatório da Defesa Civil de Itatiaia apontou as principais atividades desenvolvidas em 2017 e também as metas e os projetos previstos para 2018. Em meio as ações promovidas estão as vistorias realizadas em áreas de risco, a retirada de enxames de abelhas por um apicultor, simulado de evacuação na Escola Municipal Wagner Guimarães e participações em eventos cívicos comemorativos no município,onde a equipe auxiliou para que acontecessem de forma segura .

A Defesa Civil também realizou quatro importantes parcerias com órgãos Governamentais Especializados em Catástrofes e Prevenção, sendo elas com o Corpo de Bombeiro Militar do Rio de Janeiro, a Superintendência Estadual de Rios e Lagoas (SERLA), Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro – Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro  e com o Centro Estadual de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEM).

Ao longo do ano o órgão participou ainda de reuniões do Plano de Auxílio Mútuo da Região das Agulhas Negras (PAM-RAN). O Plano, que conta com a participação de empresas e órgãos da região, como o Corpo de Bombeiros, busca a integração de todos os participantes para que juntos possam compartilhar recursos humanos e materiais nas situações de emergências.

A fim de alertar e orientar a população e os turistas, também foram afixadas pela Defesa Civil, placas de alertas nos balneários e cachoeiras da cidade para sinalizar os principais pontos com índices de acidentes. Entre as informações descritas está à ausência de salva vidas no local, cheias repentinas, correnteza forte e pedra escorregadia, além do perigo de saltos.

Outro trabalho realizado periodicamente foi o acompanhamento detalhado da chuva, por meio dos pluviômetros automáticos instalados no município e  o monitoramento  climático por meio de sites especializados  como o INEA e INPE.

 – Durante todo esse ano desenvolvemos ações de prevenção e estivemos atentos a todos os chamados da população, atendendo todos prontamente. Porém, gostaríamos de aproveitar a oportunidade e alertar a população para que também faça a sua parte tomando alguns cuidados com a segurança individual e de suas famílias, como em casos de chuvas, banhos e cachoeiras e até mesmo no  dia a dia, ressaltou o coordenador da Defesa Civil, Valdair do Nascimento.

Metas para 2018

Como metas para 2018 o coordenador listou a capacitação contínua dos servidores da equipe, a aquisição de equipamentos importantes de trabalho  e de proteção individual dos funcionários e voluntários da Defesa Civil, a realização de  novos simulados de evacuação nas escolas e palestras para os estudantes sobre prevenção e alerta de acidentes.

A colocação de placas de alertas em novos pontos nos balneários e cachoeiras da cidade, assim a implantação de um aplicativo na linha de emergência 199, que transfere a ligação para o plantonista da base, caso aconteça algum problema técnico na hora do atendimento são outras metas importantes.

 – Vamos colocar em prática alguns projetos importantes para a cidade, mas paralelo a isso também seguiremos com outros serviços fundamentais para a população como o monitoramento climático, as parcerias com os órgãos especializados e a participação no grupo do Plano de Auxílio Mútuo da Região das Agulhas Negras (PAM-RAN), que são inclusive importantes para a segurança dos moradores, disse o coordenador.

Deixe um comentário