Chuva forte cai em Volta Redonda

De acordo com as informações da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Volta Redonda, num período de 24 horas choveu 93mm. Quantidade muito acima do suportável pelo solo do município, o que ocasionou alagamentos em alguns pontos da cidade. Foram registradas 23 ocorrências, alguns deslizamentos de terra e dois postes que caíram.

Os principais alagamentos foram em pequenos pontos na Amaral Peixoto, na Rodovia dos Metalúrgicos, no Aterrado, na Lucas Evangelista e o Rio Brandão transbordou no Bairro Casa de Pedra. Siderópolis e Tiradentes também foram afetados.

Informações oficiais dão conta de que até as 21:00h deste domingo, pelo menos duas famílias (São Cristóvão e Retiro) ficaram desalojadas e foram levadas para casa de parentes. Não há registros de desabrigados. Não há feridos.

Toda a estrutura da Prefeitura municipal foi mobilizada. A Defesa Civil, com apoio do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda) e a SMI (Secretaria Municipal de Infraestrutura) estão nas ruas da cidade providenciando a limpeza, retirada de árvores que caíram, desobstruindo bueiros e prestando atendimento a quem precise.

ALERTA

A previsão para as próximas 24h preocupa e a Defesa Civil de Volta Redonda está em “Estágio de Atenção Total” com todas as equipes de plantão. Há previsão de mais chuva nas próximas horas, inclusive na madrugada desta segunda. A orientação para as famílias que residem em locais próximos a encostas e rios, é para que procurem um local mais seguro. Qualquer emergência, ligue 199.