Serviços de varrição e capina são retomados em Resende

O serviço de varrição de rua, capina e roçada foi oficialmente reiniciado na manhã desta segunda-feira, com aproximadamente 90 trabalhadores atuando em diferentes pontos da cidade. O Tribunal de Contas do Estado, depois de um longo período de análise, aprovou o processo de licitação da Prefeitura de Resende para contratação de empresas para realizar o serviço.

Após diversos estudos técnicos, a Prefeitura de Resende constatou que esse trabalho poderia ser realizado por um valor bastante inferior ao que era pago pela gestão anterior. Com isso, uma nova licitação foi realizada: de quase R$13 milhões, o valor foi reduzido para R$4.979.581,84, gerando uma economia de mais de 60% aos cofres públicos.

– Desde o início do processo de licitação, o município de Resende buscou a maior economia possível para a contratação dos serviços. O Tribunal de Contas do Estado fez um criterioso e prolongado exame de cada cláusula e de cada item do nosso edital. Hoje, temos estes contratos em situação regular de operação e com a prestação devidamente autorizada e aprovada – afirma o procurador Geral do Município José Renato Amirat Bettinelli.

Apesar do serviço de coleta de lixo estar funcionando regularmente e da Prefeitura manter equipes de servidores públicos atuando na conservação e na limpeza das ruas, o cidadão sofreu com o crescimento de mato pela cidade, bem como com a deficiência na varrição de muitos locais.

– Entendemos perfeitamente o que a população passou nesses meses. Nós, moradores de Resende, temos muito orgulho de nossa cidade, que merece estar limpa e bem tratada. A Prefeitura, mesmo com todas as dificuldades burocráticas enfrentadas, não descansou nenhum dia até resolver esse problema. O que nos deixa muito satisfeitos agora é poder afirmar que o serviço está retomado e por menos da metade do valor. Essa enorme economia de recursos será muito importante para investimentos em outras atividades prioritárias ao município – explica o prefeito Diogo Balieiro Diniz.

As empresas vencedoras vão oferecer, além da mão de obra para varrição, capina e roçada, equipamentos e ferramentas adequados para a realização dos trabalhos, incluindo caminhões e roçadeiras.

Deixe um comentário