Porto Real intensifica imunização contra febre amarela

Os sintomas iniciais têm duração em torno de três dias. São eles: febre de início súbito, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. O quadro da doença pode apresentar evolução com diminuição da temperatura e alívio dos sintomas, provocando uma sensação de melhora no paciente, com duração de um a dois dias. É então que podem reaparecer febre, diarreia e vômitos, evoluindo para as formas graves da doença. Características como essas podem resultar em um diagnóstico de febre amarela. No entanto, é possível prevenir a doença através da vacinação. Em Porto Real, desde a última semana, a procura pela vacina aumentou significativamente. Uma média entre 70 a 100 pessoas por dia foi vacinada. Nenhum caso da doença até a data de hoje foi registrado no município.

A febre amarela é uma doença hemorrágica viral aguda transmitida por mosquitos infectados. O adjetivo “amarela” é devido à tonalidade da pele que afeta alguns infectados.  “A febre amarela é evitada por uma vacina de dose única. Ela é suficiente para toda a vida. Não há necessidade de uma dose de reforço dessa vacina. É importante destacar que somente um médico pode diagnosticar corretamente a doença. Ao apresentar os sintomas é necessário procurar uma unidade de saúde para os procedimentos necessários”, relatou a coordenadora de Imunização, Kátia Virgílio.

Cronograma e locais de vacinação

Central de Vacinas: 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feiras das 13h às 17h

Policlínico do Fátima:  2ª feira das 9h às 15h.

USF Jardim das Acácias:  3ª feira  das 7h às 13h;  5ª feira das 12h às 17h.

USF Bulhões: 2ª feira das 8h às 14h.

USF Freitas Soares: 3ª feira das 12h às 17h.

Público: 9 meses a 59 anos.

Acima de 60 anos somente com prescrição médica.

Deixe um comentário