Exposição “Traços e Pigmentos” traz ao foco arte abstrata no MAM Resende

Através do Museu de Arte Moderna de Resende a Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda promove a exposição de arte abstrata “Traços e Pigmentos”. A amostra ocorre entre os dias 20 de janeiro e 02 de março com visitação marcada das terças às sexta-feiras no horário das 10h às 18h, e aos sábados, das 14h às 18h.

Ao todo, em 15 dias de exposição, mais de 50 pessoas já registraram presença e puderam apreciar as 30 obras apresentadas a população, uma oportunidade de acesso e conhecimento, visto que o acervo da Fundação não fica disponível publicamente em tempo integral.

Desde o início do século XX a arte abstrata é responsável por despertar as mais diversas sensações e interpretações em seu público. Marcado por seu caráter subjetivo, o movimento abstracionista se caractreriza por fugir dos padrões de figuras tradicionais a ótica humana.

– É importante que as pessoas possam conhecer não só aquilo que é figurativo, mas também que sejam apresentadas as cores e formas da arte abstrata – explica a museóloga e coordenadora do MAM, Tatiana Avelino.

Aqueles que visitarem a amostra no MAM Resende terão acesso a obras de serigrafia, litografia, óleo sobre tela, acrílica sobre tela, xilogravura e reproduções de artistas nacionais e internacionais. Dentre os 26 artistas representados estão o artista cinético, pintor e desenhista brasileiro Abraham Palatnik e o pintor suíço Paul Klee. O pintor espanhol Pablo Picasso também ganha espaço na exposição através de reprodução.

Deixe um comentário