Secretaria de Saúde de Volta Redonda intensifica vacina contra febre amarela

Com o objetivo de atingir a meta de vacinar 225 mil pessoas contra a febre amarela, a Secretaria de Saúde de Volta Redonda segue intensificando as ações em prol de imunizar a população. Só no último sábado, dia 3 de fevereiro, 738 pessoas receberam a dose, que foi disponibilizada nas Unidades Básicas de Saúde. A Prefeitura de Volta Redonda faz um novo alerta para que todas as pessoas que forem viajar nos próximos dias para áreas de risco que procurem uma Unidade de Saúde para tomar a vacina. Minas Gerais e São Paulo são os estados mais afetados pela doença.

Segundo o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, a vacina leva dez dias para fazer efeito pleno com a máxima proteção. “Por isso é importante que as pessoas que forem viajar no Carnaval procurem as Unidades Básicas de Saúde o quanto antes. Volto a destacar que não há circulação do vírus em Volta Redonda, mas vamos seguir com as ações de conscientização para que as pessoas se previnam e tomem a vacina”, destacou o secretário de Saúde, Alfredo Peixoto.  

Conforme dados da Secretaria de Saúde, já foram vacinadas mais de 171 mil pessoas em Volta Redonda, sendo 132.006 somente entre os dias 16 de janeiro e 3 de fevereiro.

O prefeito Samuca Silva ressaltou a importância da prevenção. “Temos adotado diversas estratégias para garantir que todos se vacinem. Uma delas foi a descentralização das vacinações em todos os postos. É de fundamental importância que o público-alvo se previna. Volto a reafirmar que o nosso compromisso e engajamento que assumimos com a saúde de Volta Redonda, por isso não vamos medir esforços. Agradeço às equipes de saúde que tem feito um bom trabalho”, destacou o prefeito Samuca Silva.

Onde se vacinar?

Nesta quinta-feira, dia 8 de fevereiro, das 8h às 16h30, será montado um local estratégico de vacinação embaixo do Viaduto Heitor Leite Franco, na Avenida Amaral Peixoto.

De segunda a sexta, a população deve se vacinar em uma das 43 Unidades Básicas de Saúde de Volta Redonda. As unidades funcionam das 8h às 16h. E a Secretaria de Saúde recomenda que as pessoas procurem uma unidade mais próxima de sua casa.

O público-alvo é formado por pessoas de 9 meses de idade até os 59 anos. Os idosos, a partir dos 60 anos, as gestantes e os pacientes imuno deprimidos – em tratamento de câncer e contra o HIV, por exemplo, só serão vacinados munidos de documento com indicação médica.