Volta Redonda usa tenda itinerante para intensifica vacinação contra febre amarela

Para atingir a meta de imunizar 225 mil pessoas contra a febre amarela, a Secretaria de Saúde de Volta Redonda implantou a tenda itinerante de vacinação. Nesta quinta-feira, dia 08, um equipe de enfermeira, técnicas em enfermagem e recepcionistas atenderam a população na Avenida Amaral Peixoto, no Centro, das 8h às 17h, e aplicaram 165 doses da vacina. Na sexta-feira, dia 09, a tenda de vacinação será montada durante a Feira Livre do bairro Conforto.

“O objetivo é facilitar cada vez mais o acesso à vacina. A ação da tenda itinerante atinge um público que não saiu de casa especificamente para se vacinar, mas aproveita a oportunidade”, acredita o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto. “Na Amaral Peixoto, por exemplo, dois profissionais da equipe visitaram todo o comércio divulgando a ação”,completou.  

 

Sabrina Franco, que trabalha em um restaurante, achou ótima a ideia do posto itinerante. “Por causa do horário de trabalho, ficava difícil vacinar. Com a proximidade da oferta, o responsável pelo restaurante liberou para tomar a vacina e voltar ao serviço”, disse.

Cleiton Martins de Paula, funcionário de uma loja de tecidos na Amaral Peixoto, também deu uma pausa no trabalho para receber a dose da vacina. “No comércio, trabalhamos até no sábado. Não dava para perder essa oportunidade”, falou.

Já Messias Pillar Detomi foi ao centro da cidade para buscar o documento de habilitação na sede do Detran. “Quando vi a tenda, aproveitei para vacinar”, afirmou.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, ressalta que a primeira ação do governo municipal para imunizar a população contra a febre amarela foi descentralizar a oferta da vacina, no dia 16 de janeiro, disponibilizando as doses em todas as unidades da Atenção Básica. “E a população ainda pode procurar a unidade mais próxima de casa de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para vacinar”, avisou.

Ele lembrou que do dia 16 de janeiro até hoje o município vacinou cerca de 140 mil pessoas, número que somado à população imunizada no ano passado ultrapassa as 180 mil pessoas. “Estamos trabalhando para atingir a meta de vacinar pelo menos 225 mil pessoas”, afirmou Samuca.

Deixe um comentário