Volta Redonda mobiliza estrutura pública diante de fortes chuvas

Choveu 63 milímetros em Volta Redonda na última sexta-feira, dia 02, quantidade acima do suportável pelo solo da cidade. Diante disso, a Prefeitura mobilizou toda a estrutura para atuar nas ruas, visando diminuir os danos a população. De acordo com a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil, foram registrados, até a manhã deste sábado, dia 3, 30 ocorrências. A maioria por queda de galhos e árvores.

De acordo com Rafael Champion, coordenador da Defesa Civil, o órgão recebeu duas ocorrências de quedas de muros: uma no Morro da Conquista, no bairro Santo Agostinho. O muro da casa foi atingido e a família está em casa de parentes. A outra queda de muro foi no bairro Vila Brasília. “Não tivemos nenhuma ocorrência grave. Estamos em estado de alerta e os moradores que precisarem da Defesa Civil podem entrar em contato pelo número 199”, destacou Champion.

Equipes da secretaria municipal de Infraestrutura também estão nas ruas para diminuir os danos a população. No bairro Voldac, uma equipe fazia a retirada de grandes galhos que caíram, interrompendo parcialmente o trânsito em algumas vias. “Toda nossa estrutura está nas ruas, atuando dentro de um planejamento que traçamos. Estamos desobstruindo vias e realizando limpeza de ruas”, disse Toninho Oreste, secretário da pasta.

Já no Santa Cruz e no Santa Rita do Zarur, uma equipe da SMI fazia a limpeza e retirada de lama das ruas. “A equipe da prefeitura chegou rápido para tirar essa lama, porque ela poderia secar e iria gerar muita poeira. Mas o serviço está sendo bem feito”, disse o aposentado José Antônio Alves, morador do Santa Cruz.

O prefeito Samuca Silva destacou a importância das equipes da administração municipal atuarem rápido.“Apesar do grande volume de chuva que caiu na cidade, não tivemos nenhuma grave ocorrência e nem vítimas. Mas nossas equipes estão na rua, fazendo a limpeza, atuando para diminuir os transtornos, e avaliando as ocorrências. Estamos atuando rápido”, disse Samuca.