Comércio de Barra Mansa oferece descontos atrativos para consumidores

Depois das festas de fim de ano é hora das lojas aproveitarem pra vender o que sobrou de mercadoria no estoque. Em Barra Mansa, a maioria das lojas está em liquidação e os descontos estão atraindo os consumidores. Em algumas lojas, eles chegam a 70% do valor real da mercadoria.

“Além de ser uma excelente oportunidade para os consumidores venderem as últimas peças da atual coleção e se prepararem para o lançamento da próxima, é uma chance para os consumidores comprarem mercadorias com um valor menor”, disse o presidente do Sicomércio de Barra Mansa, Alberto dos Santos Pinto, se referindo ao lançamento da Coleção Outono/Inverno.

A professora Joana Fernandes aproveitou os descontos para renovar seus calçados. “Sempre opto por comprar sapatos nas liquidações, pois conseguimos bons produtos com um preço mais acessível. Não saio da loja com pelo menos três pares”, disse.

Gerente de uma loja de calçados, Michelli Pacheco informou que a loja está em liquidação desde o final do mês de janeiro. “A previsão é que termine no final da primeira quinzena de março, já que o lançamento da coleção Outono/Inverno está previsto para depois do dia 15 de março”, disse, acrescentando que a liquidação é uma oportunidade para as lojas limparem seus estoques pra receber as mercadorias da próxima estação.

Sobre os descontos oferecidos, ela informou que eles variam de 30 a 70%: “A maioria dos produtos os descontos são de 30% parcelado e 40% à vista, mas temos alguns produtos que os descontos chegam a 70%”. Em relação as vendas, Michelli informou que o movimento antes do Carnaval foi grande e que a expectativa é que nas duas últimas semanas da liquidação ele volte.

Em outra loja, que vende roupa masculina, feminina e infantil de 6 a 12 anos, os descontos chegam a 50% nos produtos de verão. “Temos bermudas, shorts, camisas, vestidos, mochilas e bonés na liquidação. A promoção segue até final do mês de março, antes da Semana Santa. Nossa expectativa é de um crescimento nas vendas de 10 a 20% em relação ao mesmo período do ano passado”, informou o gerente da loja, Jeferson Gregório de Carvalho.