Feira de Artesanato e Miss Melhor Idade animam Dia da Mulher em Barra Mansa

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a prefeitura de Barra Mansa realizou nesta quinta-feira, dia 8, uma programação especial na Praça da Matriz, no Centro. As atividades contaram com o apoio e organização das Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos; de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação; de Juventude, Esporte e Lazer; de Saúde, através do Centro do Idoso; de Educação, por meio do Cemae. A programação vai até sábado, dia 10, de 8 às 19h e inclui aulas de Aero Box e Zumba, debate sobre violência contra a mulher, blitz de conscientização dos direitos femininos, projeto CapoeiraIdade do Centro do Idoso, programa Vida Saudável, Feira Orgânica e de Artesanato.

Segundo a organização, mais de mil pessoas passaram pelos stands. O dia começou com uma aula de Aero Box e apresentação do grupo de Capoeira do Centro do Idoso. Também foi realizada uma Feira de Artesanato com 85 artesãs que expuseram seus produtos ao público. Segundo a gerente de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Bhella Santos, o intuito do evento foi proporcionar às artesãs um dia diferente. “Toda nossa programação está focada na mulher empreendedora. Dessa vez, tivemos um diferencial porque a maioria das artesãs nunca tinha exposto seus produtos. Nosso objetivo com isso é oferecer a essas mulheres um momento diferente, em que elas possam se sentir importantes e valorizadas”, afirmou.

As artesãs puderam se inscrever nos cursos de capacitação profissional oferecidos pela Aciap-BM (Associação Comercial Industrial Agropastoril e Prestadora de Serviço) através do Sebrae. Assim como o evento, as inscrições vão até sábado e são gratuitas. O curso iniciará no dia 14 de março com uma palestra de sensibilização, no qual as artesãs poderão conhecer todo o projeto.

Um dos momentos mais animados e que levantou a galera presente foi a segunda edição do concurso de Miss, Rainha e Princesa da Melhor Idade organizado pelo Centro do Idoso que contou com a participação de 12 mulheres acima dos 60 anos de idade. O coordenador Eduardo Pimentel explicou que o concurso foi realizado pela primeira vez no ano passado e nesse ano passou a integrar a comemoração na Praça da Matriz. “É uma maneira de valorizar e mostrar que a beleza não está na pele sem rugas, mas na expressão do olhar, na presença de vida e na alegria dessas mulheres que são idosas e podem valorizar as marcas de expressão que têm hoje”, contou.

Segundo Eduardo, o objetivo do concurso é desmitificar o padrão de beleza. “A beleza não é só aquele padrão da pele lisa, do cabelo liso e loiro. A beleza verdadeira é aquela que transmite mais que um olhar, mas um sentimento, mostrando que mesmo idosa a mulher pode ter uma beleza interna e externa muito maior. Isso levanta a auto-estima das idosas que se sentem amadas e agraciadas com essas comemorações”, finalizou.

O resultado do concurso foi bastante comemorado. A moradora do bairro Boa Sorte, Maria Aparecida Capaci de Paula, de 63 anos, ficou em terceiro lugar e foi eleita Princesa Melhor Idade. A moradora do Monte Cristo, Sebastiana Ribeiro, de 74 anos, ficou em segundo e foi escolhida como Rainha Melhor Idade. Em primeiro lugar ficou a moradora do Jardim América, Maria Helena Fontes, de 72 anos, que foi eleita Miss Melhor Idade.

Durante o evento, os participantes também receberam atendimento médico como aferição de pressão e glicemia pela Cruz Vermelha de Barra Mansa. A Associação de Apoio a Portadores de Leucemia do Sul Fluminense (AAPL) proporcionou um dia de beleza para as mulheres com várias atividades que estimularam o amor próprio e o cuidado com o visual como maquiagem e design de sobrancelha.