Barra Mansa acelera na criação de novos empregos

Alinhado com o cenário positivo demonstrado na economia nacional, Barra Mansa fechou o mês de fevereiro com saldo positivo de 23 novos postos de trabalho com carteira assinada, puxados pela administração pública (32) e serviços (25). No lado negativo, comércio (-19) e construção civil (-10), reduziram seus efetivos. Considerando o fato de que a economia dá sinais de recuperação, a perspectiva é de que este ritmo se confirme até o final do ano, favorecendo a superação da crise que assola o país.

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego, dão conta que somente em 2015 e 2016, Barra Mansa perdeu 3.459 empregos com carteira assinada. Este número impactou severamente o andamento da economia local, prejudicando lojistas, comércio informal, instituições de ensino e varias outras partes do ambiente de negócios que dependa de renda gerada.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Agnaldo Raymundo, somente através da recuperação do emprego e da renda a dignidade do trabalhador é garantida: “Não adianta imaginar que as pessoas vão se manter tranquilas sem emprego e renda. A preocupação com os meios de sustento e sobrevivência da família é constante. Essa é uma luta que travamos diariamente na secretaria, quanto tentamos transformar Barra Mansa, com total apoio do prefeito Rodrigo Drable e de todos os outros órgãos da prefeitura, em um ambiente mais favorável para os negócios”.

A título de comparação, em fevereiro do ano passado, o município apresentou um saldo negativo com o fechamento de 105 postos de trabalho com carteira assinada. Por fim, para Agnaldo, a inversão no fluxo de geração de emprego e renda é fundamental para a melhoria das expectativas. “Quando as pessoas enxergam que o vizinho está melhorando ela também se motiva a estar presente no mercado, no ambiente de negócios, no desenvolvimento de novos projetos para acompanhar o progresso e novas possibilidades de crescimento profissional. É com esse espírito que encaramos o ano de 2018, com grande capacidade de reconstrução e melhoria da qualidade de vida da população que tanto merece tranquilidade e bem-estar”, analisou Agnaldo, ressaltando que a expectativa é que, no decorrer de 2018, boas notícias possam ser apresentadas para a população em termos de projetos de geração de emprego e renda, além da confirmação da virada dos números apresentados nos últimos anos.

A orientação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação é que os cidadãos procurem cada vez mais oportunidades de qualificação nos mais variados níveis e participem dos projetos que vêm ocorrendo no município. Como novidade é possível listar o atendimento no CATEI (Centro de Atendimento ao Trabalhador e Empreendedor Individual), que vai contar com parcerias com o Governo do Estado para fomento aos pequenos empreendedores visando impulsionar ainda mais o projeto do artesanato do município, com geração de renda e apoio aos talentos do município.