Resende intensifica vacinação contra HPV e Meningite C

Visando proteger a saúde da população, em especial de meninos e meninas, a Prefeitura de Resende está intensificando, neste mês de abril, a vacinação contra o vírus HPV e a Meningite do tipo C em toda a cidade. Ao contrário dos anos anteriores, quando a vacina contra o HPV era voltada apenas para meninas, a campanha deste ano está atingindo também o público masculino. As doses estão sendo aplicadas em todo os Postos de Saúde do município, mediante a apresentação do cartão de vacinação.

Conforme recomendação do Ministério da Saúde, devem se imunizar contra o HPV meninas com idade entre 9 e 14 anos e meninos na faixa etária dos 12 aos 13 anos. A vacina é aplicada em duas doses, sendo que a segunda deve ser administrada seis meses após a primeira. De acordo com especialistas, a infecção pelo vírus HPV aumenta em até 100 vezes o risco de uma mulher desenvolver o câncer de colo de útero, que é o segundo que mais mata mulheres no Brasil, atrás apenas do câncer de mama.

Além dos adolescentes, a imunização contra o HPV também é recomendada para portadores do HIV e transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea, além de pacientes em tratamento de quimioterapia e radioterapia. Nesses casos, a pessoa com idade entre 9 e 26 anos recebe três doses da vacina, sendo uma inicial, a segunda dois meses após a primeira, e uma terceira dose seis meses após a primeira imunização.

A vacina contra o HPV protege contra algumas formas de câncer, como, por exemplo, o câncer de colo de útero, o câncer anal e o câncer de orofaringe. A estimativa do Ministério da Saúde é que ocorram cerca de 16 mil casos de câncer de colo de útero por ano no Brasil, sendo que o número de óbitos associados à doença chega a cinco mil mulheres. Já entre o público masculino, a vacinação previne contra o câncer de pênis.

Meningite C

Já no caso da Meningite C, a orientação é para que pessoas de ambos os sexos, com idade entre 11 e 14 anos, e que ainda não foram vacinados, compareçam à unidade de saúde mais próxima de sua casa para receber a dose única da vacina. Só não devem ser imunizadas pessoas com hipersensibilidade aos componentes da vacina, que são informados aos pais no momento da vacinação.

– Enquanto a sociedade anseia pela cura do câncer, é importante lembrar que a vacina é uma forma efetiva de prevenção contra esta doença, que é responsável por um grande número de óbitos em nosso país. Além disso, a vacinação também nos permite um controle maior sobre diversas doenças. Por isso, a conscientização da população sobre a necessidade de manter a carteira de vacinação em dia é tão importante – explica a coordenadora do Centro Municipal de Imunizações, Maria Regina de Paula.

Sarampo, caxumba e rubéola

Outra orientação fornecida pelo Centro Municipal de Imunização é quanto à prevenção de doenças como sarampo, caxumba e rubéola, através da aplicação da vacina tríplice viral, também conhecida como triviral. Indicada para pessoas com idade entre dois e 29 anos, a vacina é ministrada em duas doses e contraindicada para mulheres grávidas e pessoas com suspeita de febre amarela. Já para pessoas na faixa etária dos 30 aos 49 anos, a imunização é feita com dose única.

Serviço:

Vacina HPV

Indicação: Meninas de 9 a 14 anos; meninos de 12 aos 13 anos

Local: Todos os Postos de Saúde

Vacina Meningite C

Indicação: Ambos os sexos, com idade entre 11 e 14 anos

Local: Todos os Postos de Saúde