Em oito horas, prefeito Samuca Silva visita oito obras na cidade

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, realizou uma série de visita em obras e reformas nesta quinta-feira, dia 5, em Volta Redonda. Intitulado como ‘Oito obras em oito horas’, as visitas aconteceram das 10 às 18 horas. Estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão nas obras acompanhadas pelo prefeito.

A primeira visita aconteceu no bairro Água Limpa, onde o prefeito visitou a reforma da Unidade Descentralizada de Fisioterapia, que está prevista para ser inaugurada na próxima quarta-feira, dia 11.

 

“Esse é o primeiro serviço descentralizado da cidade de vários que ainda vão acontecer. Não será apenas na área de saúde, mas também de outras secretarias como Smel (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer) e Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária)”, disse Samuca Silva, que foi acompanhado pelo secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, e dos vereadores Fábio Bochecha e Carlinhos Santana.

A presidente da Associação de Moradores da Água Limpa, Martha Inês Felipe, elogiou a nova unidade e a postura de Samuca Silva. “Isso dará um grande conforto aos moradores do bairro que precisam de fisioterapia. Gostamos de um prefeito presente como está aconteceu em Volta Redonda. Samuca Silva está de parabéns”, disse ela, que também faz parte do Conselho Municipal de Saúde.

Em seguida, o prefeito visitou as obras de contenção da Avenida Nossa Senhora do Amparo, no bairro Santa Rita Zarur. O trabalho vai terminar até o final de abril, segundo informações do Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda), responsável pela obra.

Quem está sendo beneficiada com o muro de contenção é a dona de casa Elza da Silva. Ela conta que há mais de 15 anos houve um deslizamento no bairro e nunca o local recebeu obra. “Me lembro que a minha filha tinha 10 meses quando minha casa desabou e ninguém da prefeitura arrumou. Hoje ela tem 16 anos e, agora, recebemos essa grande obra”, disse a moradora.

Outra moradora Marisa da Silva Lopes também comemorou a obra. “Quando chove a gente fica desesperada com o risco de desabamento, mas agora com o muro fico mais tranquila”, disse a moradora, que tem uma filha de seis anos.

O terceiro local visitado pela comitiva do prefeito Samuca Silva foi o córrego de Peixes, também no bairro Santa Rita do Zarur, que está passando por uma limpeza geral. A prefeitura está investindo para limpar quase 1,5 quilômetros do córrego. Os trabalhos estão sendo realizados pelos funcionários da secretaria municipal de Infraestrutura.

 

“Moro aqui há mais de 50 anos e nunca tivemos essa limpeza aqui. Com esse trabalho, vou ficar mais tranquila nos dias de chuvas”, contou Maria do Carmo Almeida, a Carminha, de 83 anos.

Para finalizar as visitas no período da manhã, Samuca Silva foi até a Rua Cambuquira, na Santa Rita do Zaru. A previsão é que até o final do mês a obra seja entregue e beneficiará dezenas de moradores.“Todos esses investimentos no bairro são para evitar possíveis estragos com a chuva. Santa Rita era um ponto crítico na cidade”, comentou Samuca Silva, que foi acompanhado pelos vereadores Edson Quinto e Vair Duré.

Dando sequencia ao projeto ‘Oito obras em oito horas’, o prefeito Samuca Silva começou as visitas no período da tarde na Avenida Beira Rio, onde a secretaria municipal de Infraestrutura está realizando uma grande manutenção.

“Estamos deixando a Beira Rio, que é um local muito utilizado para a prática de esporte e lazer, muito melhor. A SMI está revitalizando todo o calçamento e a ciclovia, além de ter feito a limpeza geral dos bueiros. O guarda-corpo também está sendo pintado. A Beira Rio vai ficar com uma cara nova”, destacou Samuca.

A quinta obra visitada pela equipe da prefeitura de Volta Redonda foi na localidade conhecida como Terra Vermelha, próxima da Fundação Beatriz Gama. No local, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) está implantado uma nova rede de abastecimento de água, com cerca de 1540 metros.

“Essa era uma reivindicação antiga da comunidade e vai beneficiar, entre os moradores do Terra Vermelha e da Estrada União, cerca de mil pessoas”, explicou o diretor-presidente do SAAE, José Geraldo, o Zeca. A visita foi acompanhada pelo vereador Sidney Dinho.

Seguindo o cronograma do ‘Oito obras em oito horas’, Samuca Silva foi visitar a obra de contenção de encosta na Viela 11, no bairro Vila Brasília. A obra, feita pelo Furban, deve ser entregue em 30 dias. No local, houve um deslizamento de terra no final de 2017 que gerou a interdição de duas casas.

O aposentado Francisco Pereira agradeceu a prefeitura pela obra. “Sou o primeiro morador dessa Viela, cheguei aqui há 44 anos. Vi muitos deslizamentos de terra e essa é a primeira vez que vejo a prefeitura atuando aqui. Essa obra será muito importante para a gente”, disse o morador.

A última obra visitada no dia foi no Eucaliptal, na Rua Mário Ramos. A obra visa a recuperação da calçada e a construção de uma encosta. Um deslizamento de terra, em 2016, atingiu o local e destruiu a calçada. Orçada em R$ 31 mil, a obra já está em fase de conclusão.

“Quero agradecer ao prefeito Samuca Silva por essa obra, a gente está vendo que ele está empenhado em resolver os problemas da cidade. Esse deslizamento foi muito ruim para os moradores e os pedestres tinham que andar na rua. Agora está ficando muito bom”, disse Norma Lima, que mora há 50 anos no Eucaliptal.

O prefeito Samuca Silva, ao concluir as visitas, destacou a importância do projeto ‘Oito obras em oito horas’. “Estamos acompanhando de perto esses investimentos, que são de cerca de R$ 1 milhão. Fiscalizando a aplicação desses investimentos, mostramos o respeito que temos aos recursos públicos. Apesar das dificuldades financeiras, com uma gestão eficiente e respeito ao dinheiro público, estamos avançando”, concluiu Samuca.