Volta Redonda quer vacinar cerca de 60 mil pessoas contra gripe

O público alvo para campanha de vacinação contra influenza em Volta Redonda é formado por 66.508 pessoas e a meta, preconizada pelo Ministério da Saúde é imunizar 90% deste número. A campanha começa no dia 24 de abril, terça-feira, e termina no dia 30 de maio, sendo o Dia D de Vacinação o sábado, dia 12 de maio.

Têm direito à vacina as crianças de seis meses a quatro anos; gestantes em qualquer idade gestacional; puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto). Também estão incluídos trabalhadores da área de saúde; professores; toda população indígena, a partir dos seis meses de idade; e indivíduos com 60 anos ou mais de idade.

Ainda devem se vacinar os portadores de algumas doenças crônicas não transmissíveis munidos da indicação médica. Estão incluídos casos de doença respiratória crônica; doença pulmonar obstrutiva crônica; doenças intersticiais do pulmão; doença cardíaca crônica; doença renal crônica; doença hepática crônica; e doença neurológica crônica. Além do diabetes; imunossupressão; obesos grau III; transplantados; e portadores de trissomias – Sídrome de Down, Sídrome de Klinefelter, Síndrome de Wakany.

Além desses, recebem a vacina adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Milene Paula de Souza, a Secretaria de Saúde de Volta Redonda vai fazer busca ativa pelas gestantes, que são 2,5 mil, por meio das Unidades da Atenção Básica, e pelas puérperas, 415 mulheres, através das maternidades.

“Com essas ações pretendemos atingir um público que, historicamente, não procura as unidades para se vacinar”, afirmou Milene, lembrando que o nosso maior público é de idosos, quase 33 mil pessoas, que costumam comparecer em massa durante a campanha. “Também costumamos atingir a meta entre os trabalhadores da área de saúde, que são cerca de quatro mil”.

 

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, informa que o objetivo é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população. “Todos os moradores que fazem parte dos grupos de risco devem procurar uma das 44 unidades de saúde da Atenção Básica ou a Policlínica da Melhor Idade, no Jardim Paraíba, para se vacinar”, afirmou.

O prefeito Samuca Silva faz um apelo à população alvo da campanha para que procure as unidades de saúde para se vacinar. “Vamos trabalhar para atingir a meta de imunização do Ministério da Saúde. Faremos busca pelo público alvo, com os Agentes Comunitários de Saúde; e contaremos com a ajuda da população para fazer a divulgação maciça da campanha. Conversando com vizinhos, no trabalho, usando as redes sociais”.